Avaliação biomecânica filma corredor e pode qualificar os movimentos

A avaliação biomecânica é um recurso capaz de detectar alterações durante a corrida que podem levar a lesões e prejuízos no desempenho.  Funciona através da filmagem do corredor e do uso de um programa de análise do movimento, onde cada fase da passada é avaliada minuciosamente. Para entender o caso de cada pessoa de forma mais completa são somadas informações sobre força muscular, postura, flexibilidade e esquema de treinamentos.
Dúvidas sobre a avaliação:
É só para profissionais?
 
Não. A avaliação biomecânica é importante para todo corredor que esteja lesionado, que queira prevenir lesões ou que almeje melhorar sua mecânica de corrida.
Se a avaliação detectar alguma alteração, como proceder?
 
Com os dados da avaliação é possível elaborar um tratamento específico e focado para cada corredor. Ele pode consistir em fortalecimentos, educativos de corrida, orientações e dicas.
É possível melhorar a forma como eu corro?
 
Sim. O corpo tem uma incrível capacidade de aprendizado. O estímulo correto, repetido o número de vezes necessário, se torna algo natural.
Exemplos de alterações biomecânicas detectadas na avaliação:
 
Passadas muito longas (aterrissagem distante do tronco): Associado a síndrome femoro – patelar.
 
Inclinação da pelve e do joelho para dentro (valgo e dinâmico): Associados à síndrome da banda ilítotibial
 
Alto impacto na aterrissagem: Associado à fratura por stress da tíbia e fascite plantar.
 
Pronação excessiva do tornozelo: Associado à fascine plantar e canelite (síndrome do stress tibial medial).
 
Matéria publicada pelo site Eu Atleta

Spread the word. Share this post!

Leave Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *