Paraná terá Centro Nacional de Atletismo

O Governo do Paraná recebeu recentemente do Ministério do Esporte a comunicação da liberação de 15 milhões de reais para a construção do Centro Nacional de Treinamento em Atletismo do Sul do Brasil, em Cascavel, obra pleiteada desde o início da atual gestão do Governo do Estado e que vai alavancar a modalidade com a tecnologia de ponta usada no aperfeiçoamento de atletas e técnicos com vistas já para a Olimpíada no Rio de Janeiro em 2016.
Chamado de Centro Nacional de Treinamento em Atletismo (CNTA), a obra vai receber ainda uma contrapartida do Governo do Estado de cerca de três milhões de reais. A previsão é de que as obras iniciem até o mês de junho de 2013 e a previsão de entrega é para outubro de 2014. A obra vai ocupar uma área de 86.000m² no setor oeste do município de
Cascavel, próximo à Faculdade Assis Gurgacz, onde será construída uma moderna pista oficial, piscina, laboratórios de fisiologia do exercício, pista coberta para treinamento e hotel/alojamento para 100 pessoas.
Segundo informou o secretário do esporte, Evandro Rogério Roman, o centro de excelência faz parte de um grande projeto do Ministério do Esporte e da Confederação Brasileira de
Atletismo de construir um local de treinamento e aperfeiçoamento para atender os Estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, e a escolha da cidade de
Cascavel partiu da CBAt atendendo critérios técnicos: “A Secretaria do Esporte ofereceu algumas cidades e a confederação entendeu ser Cascavel a que reunia melhores condições. Em Cascavel foram apresentados vários locais, e por critérios de vento, posicionamento, incidência do sol, a confederação escolheu o de melhores condições,” frisou o secretário.
Depois de construído, o CNTA será gerido pela Confederação Brasileira de Atletismo que tem a responsabilidade de contratação de profissionais e manutenção dos equipamentos. O Governo do Estado tem a responsabilidade de arcar com despesas de água, energia elétrica e limpeza.
O CNTA a ser construído em Cascavel será o quinto e mais moderno do Brasil. A CBAt já mantém centros em Fortaleza, Rio de Janeiro, São Paulo e Uberlândia, e a facilidade de organização do centro mineiro fora da capital foi determinante na escolha de Cascavel.
Uma segunda etapa do projeto com investimento de 12 milhões de reais já está em tramitação no Ministério do Esporte e compreende a aquisição de todos os equipamentos, mobília
e materiais utilizados no Centro de Excelência.
O Centro de Atletismo em Cascavel será o destino de atletas de rendimento dos três Estados do Sul, mas principalmente do projeto de atletismo iniciado no Paraná. Existe a previsão
ainda, da construção e melhoria de 24 pistas em todo Estado que servirão de base para selecionar os melhores atletas para compor o quadro de atletas de potencial
para o treinamento intensivo de rendimento em Cascavel.
“Há um olhar diferente para o esporte do Paraná. Nosso Governador compreendeu que o esporte não pode trabalhar esporte escolar longe do esporte de rendimento. Deve haver
uma ligação, uma sintonia. E nisso que estamos investindo, desde projetos como o Paraná Saudável que visa estimular a atividade física até a construção de centros moderníssimos para o esporte de alto rendimento. É o novo Paraná.” concluiu o secretário Evandro Rogério Roman.
Fonte:
COM/SEES

Spread the word. Share this post!

Leave Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *