Profissionais de Educação Física: escassez ou abundância?

Empresários do fitness reclamam da falta de mão de obra capacitada. Mas será que eles estão procurando no lugar certo?

De acordo com Evandro Siqueira, treinador e consultor em Iniciação à Ginástica da Body Systems, sobram profissionais e o que falta são estímulos e oportunidades por parte dos gestores de academias. Mais de 7 mil alunos que já participaram do curso Iniciação ao Fitness, destinado a estudantes de Educação Física, todos afirmaram que tinham interesse em atuar na área. “Hoje existe uma visão deturpada de que faltam profissionais para atuar nas academias”, acrescentando que “o que existe são dificuldades destes futuros profissionais em conseguir contratação imediata no mercado, além de não se sentirem preparados para gerar os resultados nessas empresas”.

 
Escolas de formação são aliadas do recrutamento de profissionais de Educação Física

Siqueira ressalta que o mercado necessita de escolas de formação, assim como uma cultura de contratação dos estagiários, oportunizando a empregabilidade e continuidade desse profissional desde estudante. Segundo ele, o Curso de Iniciação ao Fitness – IF, conhecido anteriormente como Iniciação à Ginástica, ou apenas IG, objetiva a aproximação entre a empresa e o futuro profissional, facilitando o acesso de gestores e empresários às universidades, formando planos de estágios e carreiras. O curso de Iniciação à Ginástica é indicado para universitários e recém formados em Educação Física, que desejam conhecer melhor o mercado e o campo de atuação dos professores de ginástica.

 

Curso de Iniciação ao Fitness – IF: um bom começo para dar o pontapé na carreira bem informado

A ideia do curso é informar, orientar e encantar os alunos pelo Fitness, direcionando os estudantes para cursos que conciliam teoria e pratica através de feedback e avaliação de desempenho. No IF aprendem as competências básicas para se enxergarem como futuros profissionais e a orientação que necessitam para a escolha de suas especializações. Entre os principais pontos abordados estão: musicalidade e ritmo, técnicas de ensino e aprendizagem do adulto, prática de modalidades de ginástica sistematizada, somo falar em público, posturas éticas de um profissional do fitness, feedback sobre a atuação do participante, perfil profissional e exigências do mercado de academias.

 

Recrutamento de profissionais de Educação Física: programa de estágio deve ser valorizado

“O poder aquisitivo dos estudantes e as oportunidades de estágio que quase inexistem como cultura em muitas academias são as principais dificuldades em encontrar os profissionais desejados”, afirma Evandro. Ele destaca que a Universidade forma um profissional generalista que precisa se especializar, tanto que os que o fazem, estão trabalhando. Para ele, a estratégia para o profissional de educação física é fazer cursos complementares. “Em grande parte dos casos, os profissionais recém-graduados acabam perdendo valor profissional por não terem experiência em carteira ou registro, ou ainda, perdem por já virem contaminados com vícios trabalhistas de outros locais”.

 

Recrutamento de recém formados em Educação Física pode ser um bom negócio para as academias de ginástica

Ana Maria Ferraz, empresária responsável pela companhia brasiliense Fitness Brasil, encontrou soluções criativas para atrair e reter profissionais. A também professora de Educação Física, aposta em cursos profissionalizantes para cada modalidade de ginástica e, assim, ampliou os serviços de aulas coletivas e o faturamento da empresa. Ela também contrata recém-formados e faz um excelente trabalho de estágio remunerado e assistido: “Nosso foco sempre foi nas aulas coletivas, eu só não sabia como contratar um profissional capacitado, motivado e que topasse auxiliar os treinandos que ali chegassem. Parti para as universidades, dando a cara a tapa e oferecendo vagas. Muitos se interessaram e comecei processos seletivos. Foi quando eu mesma comecei a dar aulas, pesquisar sobre os temas e variações de cada modalidade e logo conheci os cursos da Body Systems. A iniciação à ginástica já auxiliou mais de 5 profissionais da minha equipe, dois deles que começaram como estagiários, e são excelentes”, diz realizada.

Profissional de Educação Física: capacite-se

Aproveite o máximo do curso de graduação;
Atente-se ao painel de estágios oferecidos por algumas Instituições de Ensino;
Escolha uma área específica para especialização;
Avalie o mercado de trabalho e procure entender suas necessidades;
Procure um curso de capacitação/ iniciação.

 

Dicas aos empresários

Firme parcerias de estágio com instituições de ensino;
Valorize a mão de obra de estagiários e trainees;
Procure profissionais em Instituições que ofereçam cursos de capacitação, como a Body Systems;
Trace um plano de carreira aos profissionais;
Valorize pessoas e não apenas números.

 

 

 

Fonte: Portal EF

Spread the word. Share this post!

Leave Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *