Projeto do governo promete uma nova era ao esporte paranaense

O Governo do Estado do Paraná através da Secretaria de Estado do Esporte irá realizar o lançamento na próxima sexta-feira (23) do Projeto “DNA Olímpico”. A cerimônia será realizada no Auditório Mario Lobo, localizado no Palácio das Araucárias, às nove horas da manhã. Com transmissão ao vivo da TV SEES através do site da Secretaria de Estado do Esporte.
O Projeto “DNA Olímpico” irá contribuir com o desenvolvimento do esporte paranaense através da detecção de jovens talentos a partir de investigação genômica. Projeto como este é inédito no Brasil o que dá ao Estado do Paraná posição de destaque no cenário esportivo brasileiro.
O evento contará com a presença do Secretário do Esporte do Paraná Evandro Roman. Além do Presidente da Fundação Araucária, Paulo Roberto Brofman, e do Presidente da CAPES, Jorge Almeida Guimarães.
Serão realizadas durante o lançamento do projeto palestras referentes ao tema, o professor da Universidade Federal de São Paulo, João Bosco Pesquero, falará sobre “Atletas do Futuro”, e o professor Rodrigo Gonçalves Dias, da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, apresentará o tema “Performance Atlética Humana na era genômica”.
O Projeto DNA Olímpico é gerido dentro da Secretaria de Estado do Esporte pelo Instituto Paranaense de Ciência do Esporte (IPCE), e coube ao pesquisador e diretor do IPCE, Antônio Carlos Dourado, coordenar o projeto. De acordo com o professor Dourado o DNA Olímpico é um projeto inédito no setor público estadual brasileiro.
“No Brasil inteiro não tem nem um governo que financia este tipo de projeto”, afirmou. Em síntese, segundo o pesquisador, o projeto consiste na criação de um banco de dados biológico que possibilita o estudo do DNA e a partir disso a identificação das aptidões dos atletas. “Com isso podemos direcioná-los para treinamento especifico de acordo com as suas características genéticas. É uma inovação de pesquisa genética desenvolvida nos países de primeiro mundo”, abreviou.
O Secretário Evandro Roman, partilha da mesma opinião do professor Antônio Carlos Dourado, e vai além. “O DNA Olímpico é uma inovação do Governo do Estado do Paraná, que valoriza o esportista paranaense e que dá ao estado condições de contar com grandes nomes do esporte brasileiro no futuro”.

Spread the word. Share this post!

Leave Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *