Semana do Idoso com atividades físicas

Diversas atividades em todo o Paraná marcam a Semana Estadual do Idoso, celebrada de 27 de setembro a 4 de outubro. Promovida pelo Conselho Estadual do Idoso, a semana coincide com o Dia Nacional e Internacional do Idoso, comemorado em 1º de outubro.

Em Curitiba serão realizadas atividades de cultura e lazer, caminhada, campanha de saúde, cerimônias religiosas, palestras, jogos adaptados e oficinas. “Todos os municípios do Paraná estão sendo chamados para desenvolver atividades que venham ao encontro das necessidades dos cidadãos, para que sejam atendidos com a devida atenção e respeito”, afirma a presidente do Conselho Estadual, Bernadete Dal Molin Schenatto.

Um dos destaques das atividades é a Marcha dos Cabeças Brancas, no dia 1º de outubro, em Curitiba. A concentração é ao lado do Salão de Atos do Parque Barigui. A realização é do Fórum Popular Permanente da Pessoa Idosa de Curitiba, Região Metropolitana e Litoral.

Caminhada — Amanhã, o Hospital do Idoso Zilda Arns promove a Caminhada da Saúde. A atividade é aberta a toda população e marca o início da programação da Semana do Idoso. A concentração será na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Pinheirinho com saída às 9 horas.

UMUARAMA

 

Estudantes dos cursos de Farmácia e Educação Física da Universidade Paranaense – Unipar promoveram ação social no Centro de Convivência do Idoso. Mais de cem atendimentos foram realizados. Realizada em parceria com o CRF (Conselho Regional de Farmácia), CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) e a Prefeitura, a atividade também celebrou a Semana Internacional do Farmacêutico, comemorada de 23 a 27 de Setembro.

A equipe de Farmácia ofereceu teste de glicemia e aferição da pressão arterial. “O teste de glicemia é muito importante para o idoso diabético, pois por meio dele saberemos se o nível de açúcar está alto ou estável”, ressalta a estudante Raiany Ropelato, que participou da atividade.

Educação Física realizou teste de IMC (Índice de Massa Corporal) e RCQ (gordura visceral), com foco no estado físico de cada um. “O idoso deve ficar atento aos resultados do estado real de sua saúde, pois é o que servirá de resposta para saber se tem ou não a necessidade de ele mudar os habitos alimentares e aderir à prática de esportes”, aconselha a estudante Rosimeire Moreira.

Palestra também fez parte da ação. O membro da comissão de dispensação do CRF/PR, Rafael Padial, pautou o uso correto de medicamentos e os riscos do uso excessivo e da automedicação.

A professora Marina Gimenes, do curso de Farmácia e conselheira do CRF, também esteve presente na ação social e confirmou a implantação da seccional em Umuarama. “Agora ficará mais fácil o acesso dos profissionais de farmácia ao órgão fiscalizador para participação em reuniões da classe, resolução de pendências e solicitações. Antes, os farmacêuticos residentes na região, recorriam às seccionais de Maringá e Cascavel, ou até mesmo à sede do conselho, em Curitiba, para esses trâmites”.

Spread the word. Share this post!

Leave Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *