Brasileiro disputa título de Atleta do Ano da Guarda Costeira Americana

Tiago Gonçalves já havia conquistado o título na temporada 2011/2012.
Sophia Swain, neta do primeiro medalhista brasileiro em Mundiais e Olimpíadas, Chiaki Ishii, é uma das maiores promessas do judô norte-americano. Mas outro judoca com raízes brasileiras tem se destacado, também representando as cores dos Estados Unidos.
Aos 31 anos idade, sete deles morando na terra do Tio Sam, o carioca Tiago Gonçalves foi o primeiro brasileiro, em todos os tempos, a ser escolhido como o Atleta do Ano da Guarda Costeira dos EUA pelos seus feitos no esporte, na temporada 2011/2012. Em 2013, concorre ao segundo título. A premiação será realizada no começo de 2014 no quartel-general da Guarda Costeira dos EUA, em Washington.
Tiago Gonçalves transformou a sua história graças ao judô, modalidade que pratica desde os quatro anos de idade. O atleta se tornou militar e pertence aos quadros da Guarda Costeira dos EUA desde 2009. A habilidade em ser um lutador de destaque lhe valeu a convocação para integrar a seleção americana que disputou os Jogos Mundiais Militares, coincidentemente realizado no Rio de Janeiro, em 2011.
– Enviei meu currículo ao treinador da equipe americana de judô e ele me convidou para fazer o teste. Venci os oponentes e ele me inscreveu para integrar a equipe. Até mesmo fui o escolhido para ser o porta-bandeira da bandeira americana no Engenhão – contou orgulhoso Tiago.
O brasileiro, que foi para os Estados Unidos com o objetivo de terminar a faculdade de Educação Física, foi recebido pelo principal Almirante da Guarda Costeira norte-americana, que lhe entregou o prêmio de Atleta do Ano.
Matéria publicada no site Ahe Brasil

Spread the word. Share this post!

Leave Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *